Você está aqui: Página Inicial > Contents > Notícias > Sustentabilidade na Cadeia de Cimento é tema de Simpósio no CT

Notícias

Sustentabilidade na Cadeia de Cimento é tema de Simpósio no CT

Inovações, avanços, ciência e tecnologia são as palavras-chave do II Simpósio UFPB de Sustentabilidade na Cadeia de Cimento, que o Centro de Tecnologia sediará em seu Auditório no próximo dia 10 de outubro, a partir das 9h.
por publicado: 29/09/2016 10h53 última modificação: 29/09/2016 13h14

Presenças confirmadas de renomados cientistas da área, a exemplo dos professores Donald MacPhee (da University of Aberdeen, Escócia) e Caroline Kirk (da University of Loughobrough, Inglaterra), além do pesquisador do Departamento de Engenharia de Materiais (DEMAT-CT), Sandro Marden, coordenador do evento.

O professor Donald MacPhee vai abordar as ‘Características fundamentais e reatividade de materiais cimentícios suplementares’, com destaque para os principais aspectos dessas substâncias que vem sendo usadas pela indústria por décadas, uma “estratégia importante na questão das emissões do efeito estufa. Um dos grandes desafios é definir a reatividade desse materiais e suas influencias na hidratação de cimento Portland, fator limitante dos níveis de substituição”.

Já a doutora Caroline Kirk irá discorrer sobre ‘Difração de raios-X quantitativa para determinação de estruturas complexas em cimentos’. Conforme material de divulgação do II Simpósio, enquanto “pesquisadora no prestigiado Museu de História Natural de Londres e professora da Universidade de Loughobrough, sua palestra abordará a importância de se determinar as variantes das estruturas cristalinas de cimento Portland, visando entender seus efeitos na qualidade e reatividade de cimentos bem como a durabilidade de concretos”.

O professor e pesquisador Sandro Marden, do DEMAT-CT-UFPB, será responsável pela apresentação do tópico ‘Caracterização microestutural de cimentos e subprodutos de reações patológicas’, em que mostrará como “diversas manifestações patológicas tem sido estudadas utilizando-se técnicas microanaliticas ao longo dos anos. Casos de etringita secundária, taumasita, reação alcalis-silica são exemplificados sob a ótica da ciência dos materiais aplicada à engenharia civil em estudos de laboratório e situações reais ocorridas na região Nordeste”.

O coordenador do II Simpósio UFPB de Sustentabilidade na Cadeia de Cimento entende que “as contribuições desses cientistas vem criar pontes importantes entre a ciência e tecnologia de materiais. Em especial, materiais suplementares de cimento Portland, presentes em cimentos do tipo composto, tem características que atuam tanto no desempenho mecânico com na estabilidade química dos concretos”.

Para Sandro Marden, a “produção de cimento tem preocupação intrínseca com questões ambientais, tais como a redução de consumo de energia e de emissões de gases do efeito estufa. Nesse simpósio, serão abordados alguns aspectos dessas estratégias e apresentados metodologias avançadas de análise do impacto na qualidade do produto e reflexos na durabilidade”.

O II Simpósio conta com o apoio de empresas como a Elizabeth, InterCement, Bruker, Tecomat Engenharia, Chesf (PDI), além da Scientec e do IDEP UFPB.