Você está aqui: Página Inicial > Contents > Notícias > Estudo sobre charque de frango é Menção Honrosa de Prêmio Capes

Notícias

Estudo sobre charque de frango é Menção Honrosa de Prêmio Capes

Mais uma vez, o Centro de Tecnologia da UFPB é destaque no cenário da pesquisa científica nacional, dessa feita com a tese de doutorado “Carne de frango e de galinhas de postura para elaboração de charque”, estudo vencedor do Prêmio Capes de Tese 2017, conquistando Menção Honrosa daquele órgão na área de Ciência de Alimentos.
por publicado: 08/11/2017 10h37 última modificação: 08/11/2017 10h37

O trabalho concorreu com mais de 30 outros de diferentes cursos de pós-graduação do país e foi defendido em 2016 pelo professor Fábio Anderson Pereira da Silva, à época discente do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos (PPGCTA) do CT/UFPB, sob a orientação dos professores Marta Suely Madruga e Mario Estévez Garcia (coorientador), ambos vinculados ao Programa. 

Conforme o autor e sua orientadora, o produto final “poderia tornar-se uma interessante fonte de proteínas para quem pratica esportes ou atividade física intensa. Além disso, apresenta boa estabilidade no armazenamento à temperatura ambiente e pode ser comercializado a preços bastante acessíveis, com possibilidade de inclusão na cesta básica da população de áreas rurais ou de grandes centros urbanos”. 

O autor é atualmente docente e vice-coordenador do PPGCTA e teve seu estudo escolhido por uma comissão local que avaliou 11 teses defendidas em 2016, concluindo que a pesquisa tinha o melhor potencial para concorrer ao Prêmio Capes. O grupo avaliador foi integrado pelos docentes Flávio Luiz Honorato (coordenador do Programa e presidente da comissão), Juliana Kessia Soares, Marta Maria da Conceição, Marta Suely Madruga, Gaciele Campelo Borges e Rita de Cássia Queiroga. 

Além de potencial para disputar o Prêmio, a comissão apontou “o caráter inovador e o impacto da tese na comunidade acadêmica no campo de estudo do tema abordado, o que gerou uma boa produção intelectual com três artigos publicados em revistas referenciadas no Qualis da área”, segundo o coordenador Flávio Honorato.